Serviço de Segurança Interna (SSI)

GIF

A Direção de Cooperação Internacional (DCI) do Ministério francês do Interior é uma direção comum à polícia e à gendarmerie nacionais, que reúne policiais e gendarmes e aplica a estratégia internacional do Ministério francês do Interior e realiza a política exterior da França nos aspectos relevantes do Ministério do Interior.

Para mais informações sobre a DCI : http://www.police-nationale.interieur.gouv.fr/Organisation/Direction-de-la-Cooperation-Internationale

Para assegurar sua missão, a DCI se apoia num eixo central e em serviços descentralizados implantados no exterior, os Serviços de Segurança Interna (SSI). Os policiais e os gendarmes a serviço no país ou países envolvidos.

Serviço de Segurança Interna

O Adido de Segurança Interna (A.S.I.)

Conselheiro do embaixador para todas as questões relacionadas com a segurança interna, bem como todas as questões relevantes dos diferentes serviços do Ministério do Interior, ele lidera e coordena a cooperação bilateral de segurança e de governança e também a cooperação multilateral, particularmente em seus aspectos técnicos, operacionais e institucionais. O Adido de Segurança Interna tem status diplomático e implementa a cooperação definida pelo Ministro do Interior, de acordo com as orientações gerais de nossa política externa. Interlocutor privilegiado das autoridades da polícia ou das gendarmeries locais, o ASI é, no seu posto no exterior, o representante de todo o Ministério do Interior. Ele propõe e implementa programas de cooperação, participa na missão de ajudar a comunidade francesa residente e contribui, por sua ação, para a segurança interna da França.

As missões do Serviço de Segurança Interna (S.S.I)

Pelo exercício das suas competências, pode ser assistido por um adido de segurança interna adjunto e por oficiais de ligação, especialistas em técnicas internacionais, colaboradores da polícia ou da gendarmerie nacionais, que ele administra e coordena o conjunto de todas as atividades. Suas missões levam o serviço a desenvolver o intercâmbio de informações operacionais com a polícia no país de residência, particularmente no que concerne o crime internacional (imigração ilegal, crime organizado, terrorismo, tráfico de drogas, de armas e de seres humanos ...). O serviço consitui um elemento essencial na execução dos mandados de detenção europeus, participa no acompanhamento de cartas rogatórias internacionais e também auxilia na promoção da indústria francesa no campo de equipamentos de segurança e apoia a comunidade francesa residente. Através de suas atividades diárias ou na preparação de acordos de cooperação bilateral ou multilateral, o SSI contribui diretamente para a segurança interna da França.

O Serviço de Segurança Interna (SSI) de Brasília

Criado em 1992, faz parte da Embaixada da França e do Consulado de São Paulo.

O efetivo do SSI é formado pelo Adido de Segurança Interna (ASI) e 4 Oficiais de Ligação (Entorpecentes, crime organizado, imigraçao, gendarmerie).

Telefone : 3222-3787

publié le 26/03/2015

haut de la page