Fabrice Lambert

JPEG - 39.4 KB
Fabrice Lambert, Gravité@Alain Julien; Xavier Veilhan, ADAGP Paris

APRESENTAÇÃO DO ESPETÁCULO « NERVURES » (2013)

“Nervures fica no meio do ser ou o atravessa. É uma rede. É uma circulação incessante. Nervures evoca a irrigação. Como um rio microscópico. Entre a nascente e o estuário. Eu me coloco entre esses dois pontos, no meio do rio. Estou num momento preciso de uma paisagem que não está só fora de mim. Faço parte dela. Eu a constituo.

Gostaria de demorar, com Nervures, naquilo que nos liga hoje a uma natureza primitiva e bruta. Subliminarmente, Nervures se alimenta de uma série de entrevistas que fiz com cegos que expressam e questionam, com sua cegueira, sua relação com a ideia de paisagem e, do mesmo modo, com a ideia que têm dessa natureza. Conheci o artista plástico Xavier Veilhan às voltas com suas preocupações, e ele criou o móbile n°8 para esta peça.

Em cena, a relação entre o homem e o móbile, objeto com ramificações, torna-se a metáfora do homem moderno diante de suas realidades, que ele questiona a todo instante.” Fabrice Lambert

APRESENTAÇÕES:

Petrópolis
>Sesc Teatro Quitandinha
18/08/2016
Av. Joaquim Rolla, n º 2 – Petrópolis- (24) 2245-2020
http://panoramafestival.com/

Rio de Janeiro
>CCBB
24/08/2016
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro- (21) 3808-2020

Florianópolis
>*
31/08/2016

Londrina
>Festival FILO
03 e 04/09
www.filo.art.br

*Lugar a confirmar

FICHA TÉCNICA
Concepção, coreografia e interpretação: Fabrice Lambert
Móbile: Xavier Veilhan, Móbile n°8, 2013
Luzes: Philippe Gladieux
Cenografia: Alexis Bertrand
Som: Fabrice Lambert e Fred Laügt
Operação som: Marek Havlicek
Olhar externo: Hanna Hedman
Com as vozes de: Bernadette Locteau, Paul Olivier, Eric Taquet
 
Produção: L’Expérience Harmaat
Coprodução: Théâtre de la Ville – Paris, Centre National de la Danse
L’Expérience Harmaat agradece: Galerie Perrotin, Atelier Xavier Veilhan, Interface Z, Claire Bartoli, Valérie Castan, Martin Chaput, Martial Chazallon, Mathieu Farnarier, Nathalie Milon, Florence Sébilet.
Fabrice Lambert permaneceu em residência longa (2012-2014) no Centre National de la Danse.
L’Expérience Harmaat recebeu subsídios da DRAC Ile de France, Département de la Seine-Saint-Denis e do Institut Français, para as turnês internacionais.

BIOGRAFIA DE FABRICE LAMBERT

Formado pelo Centre National de Danse Contemporaine d’Angers, Fabrice Lambert já trabalhou com Carolyn Carlson, Catherine Diverrès, François Verret, Emmanuelle Huynh e Rachid Ouramdane.
Em 1996, fundou a Expérience Harmaat, com a qual prosseguiu seu trabalho de pesquisa e criação, reunindo artistas plásticos, videastas, engenheiros, bailarinos, e questionando as ideias de fenômeno e movimento. Para cada uma de suas peças, ele desenvolve um dispositivo cênico singular com o qual elabora sua escrita coreográfica. Cerca de vinte peças já foram apresentadas na França e outros países, com destaque para a Bienal de Veneza, o Festival de Avignon, o Festival Transamériques - Montréal, o Théâtre de la Ville - Paris, e a Bienal de Dança de Lyon.

+ Infos :  

- Facebook : https://www.facebook.com/fabrice.lambert.923?fref=ts

- Facebook da compagnie: https://www.facebook.com/LExpérience-Harmaat-1529644607339862/

publié le 01/09/2016

haut de la page