Exposição « Debret e os 200 anos da missão artística », 20 de julho de 2016

É para mim um grande prazer poder participar, esta noite, da abertura da exposição « Debret e os 200 anos da missão artística francesa ».

Primeiramente, porque ela me permite mergulhar novamente nas obras, muitas vezes desconhecidas na França, de Jean-Baptiste Debret.

Chegando ao Rio de Janeiro em 1816, com o que denominamos « a missão artística francesa», Debret vai desenvolver um prodigioso trabalho de pesquisa, observação e documentação, para finalmente produzir uma obra inigualável, um relato de viagem e pesquisa científica, uma mistura de arte, sociologia e história.

Debret, documentarista de uma época, inicia também um processo que irá inspirar várias gerações de antropólogos, artistas, jornalistas, cineastas ou simplesmente viajantes, vindos descobrir esta bela terra brasileira.

Vamos então, dentro de instantes, ver imagens de um herdeiro longínquo de Debret, o cineasta Vincent Moon, que caminha com sua câmera pelos quatro cantos do Brasil à procura de sons, à escuta de suas tradições e ao encontro de personagens deste país.
Durante todo o ano, vários eventos celebrarão os 200 anos da missão artística francesa. Eles mostrarão que esta missão não pertence ao passado, mas que ela está indubitavelmente viva, e que a relação cultural franco-brasileira, nascida em 1816, está mais viva do que nunca.

É provável que Jean-Baptiste Debret e seus companheiros da missão artística não imaginassem que seriam os precursores de um diálogo tão produtivo.

Quero agradecer a todos os que tornaram possível a realização desta exposição, particularmente o Museu Castro Maya e sua diretora, Vera de Alencar, o curador, Jacques Leenhardt, bem como o produtor Roberto Padilla.

Ontem, participei da abertura de uma notável e magnífica exposição de obras do Musée d’Orsay, instaladas nas galerias do CCBB.

Em alguns dias, o Rio de Janeiro será a anfitriã dos Jogos Olímpicos. Estamos muito orgulhosos, nós franceses, por nossa presença no Rio : uma importante delegação esportiva – cerca de 400 atletas são esperados – mas também exposições de grande qualidade, no centro e também aqui nesta magnífica casa. Mais uma vez, muito obrigado e uma excelente noite a todos!

publié le 21/07/2016

haut de la page