Comitê de Pilotagem “Poços de Carbono Florestal Peugeot-ONF”

PNGA Embaixada da França no Brasil participou, dias 15 e 16 de março, em Sinop (Mato Grosso), do Comitê de Pilotagem “Poços de Carbono Florestal Peugeot-ONF”, iniciado em 1998, pela empresa Peugeot e pelo l’Office National des Forêts (ONF), cujo objetivo é restaurar as áreas desmatadas de uma fazenda, por meio do estudo do sequestro de carbono pelas plantações de florestas. Um novo projeto, a Plataforma Experimental de Gestão dos Territórios Rurais na Amazônia Legal (PETRA), emergiu em 2012 a fim dar continuidade ao trabalho de pesquisa e propõe aos atores locais atividades de uso do solo que sejam eficazes economicamente e sustentáveis ecologicamente.

É nesse contexto que um acordo de cooperação foi assinado entre a Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Mato Grosso (SEMA) e as partes do projeto “Poços de Carbono Florestal Peugeot-ONF”, afim de autorizar a implementação de programas de pesquisa na Reserva Privada do Patrimônio Natural, centro de estudo do projeto. Trata-se de um passo a mais no estudo da biodiversidade dessa zona, conservando ainda o objetivo inicial de sequestro de carbono no seio do ecossistema florestal recuperado.

Vale lembrar – a França presidiu a COP21 em dezembro de 2015, o que tornou possível a adoção do Acordo de Paris sobre o Clima. Além disso, a maior floresta francesa é tropical, está na Guiana Francesa.

Para saber mais sobre esse projeto de luta contra as mudanças climáticas, clique aqui

publié le 18/03/2016

haut de la page