A mobilidade urbana, objeto de debates em 2013 em Brasília

A Embaixada da França no Brasil, com a ajuda do Instituto Francês e de parceiros científicos e universitários fraceses e brasileiros, organiza um ciclo de eventos sobre o tema “Políticas públicas de transportes: abordagem comparada França-Brasil”. Neste âmbito, várias manifestações realizar-se-ão entre março e setembro de 2013.

Na ocasião de importantes obras de infraestrutura para preparar os próximos grandes eventos de 2014 (Copa do Mundo de Futebol) e 2016 (Jogos Olímpicos e Paralímpicos) no Brasil, as políticas públicas de transportes urbanos são as vedetes e constituem um desafio para a sociedade brasileira. O ciclo de eventos “Políticas públicas de transportes: abordagem comparada França-Brasil” escolheu aprofundar o debate sobre este elemento central da vida dos indivíduos: a mobilidade. As manifestações procurarão notadamente promover o debate de idéias em torno de dois grandes temas: “Mobilidade urbana e inclusão social” e “A mobilidade urbana no futuro”.

Ciclo « Mobilidade urbana e inclusão social »

Em qual direção caminha o Brasil, ele que fez da luta contra a pobreza sua prioridade, para que possa conjugar mobilidade urbana e integração social, reponder a exigência de uma maior justiça social e garantir a cada um a liberdade de circular, num contexto global de expansão urbana ? Estes desafios serão abordados através da difusão do documentário “ A verdadeira história do onibûs 402” no dia 25 de setembro na Aliança Francesa de Brasília, e discutidos por ocasião de um café científico animado por pesquisadores franceses e brasileiros no dia 04 de março.

Ciclo « A mobilidade urbana na futuro »

A mobilidade urbana da maneira como a conhecemos atualmente no Brasil, não é sustentável a longo prazo. De acordo com os estudos, a situação poderia assim deteorizar-se em várias cidades brasileiras, onde o trânsito poderia literalmente “parar” no horizonte de 2020 por causa do entupimento de automóveis. O ciclo “A mobilidade urbana no futuro” procurará debater inovações já imaginadas para melhorar nossos deslocamentos futuros. O documentário “Deslocar-se em 2040” dará uma visão destas soluções prováveis (difusão no dia 19 de setembro na Aliança Francesa de Brasília), enquanto o café científico “Brasília em 2050? Transportes, urbanismo, uso do solo”, no dia 17 de junho, se debruçará sobre o futuro da capital brasileira.

Participação francesa no Primeiro seminário internacional “Mobilidade e transportes: teorias, práticas e políticas contemporâneas”, do Programa de Pós-graduação em Transportes da Universidade de Brasília (PPGT – Brasília), de 27 a 29 de agosto.

Este colóquio, organizado pelo PPGT em torno de conferências e mesa-redondas, atraiu nestes seus cinco anos de existência, pesquisadores, estudantes, personalidades políticas... Em 2013, o seminário será pela primeira vez amplamente aberto internacionalmente, tendo em visto que intervenções espanholas, peruanas ou israelenses, também estão previstas. A idéia dos organizadores é na verdade tratar diferentes assuntos da mobilidade e dos transportes, segundo uma abordagem comparativa. Três pesquisadores franceses exporão seus trabalhos neste simpósio.

publié le 24/07/2013

haut de la page